Flor del mal - Juan D'ARIENZO
Número de gravação: ERT-3937

Gosta desta gravação? Acesso membro

Para ouvir

Para dançar

CLASSIFICAÇÕES

EL RECODO TANGO APP

LETRAS
Flor del mal - Juan Carlos Graviz

En la oscura noche
De tus lindos ojos
Yo quisiera verme,
Como en aguas
De un tibio remanso.

Porque en esos ojos
Como en un remanso
No sé qué misterio,
Te subyugan
Te atraen, te matan.

Tú con esas flores
Que bordean coquetas
Las aguas del lago,
En la vida tuviste también
De tu rara belleza,
El encanto fatal
Que ya nunca podré olvidar.

Son tus ojos dos lagos dormidos
Ante la belleza, sol,
Tus ojeras divinas que son,
Elegidas de Dios para ser admitidas
Por la vieja herida de mi corazón.

SUGESTÃO DE TANDA

Tanda Builder V2.1

OS MÚSICOS NESTA GRAVAÇÃO

ARRANJADOR: Acesso contribuidor
PIANO: Acesso contribuidor
CONTRABAIXO: Acesso contribuidor
BANDONEON: Acesso contribuidor
VIOLINO: Acesso contribuidor

* Informação não garantida; às vezes as orquestras somavam ou substituíam certos músicos durantes as sessões de gravação.


Sobre Flor del mal